Sintaxe On-line

Orações coordenadas

Oração coordenada

O período é composto por coordenação quando tem orações equivalentes, mas sem dependência uma da outra. São sintaticamente independentes.

As orações coordenadas podem estar simplesmente justapostas, isto é, colocadas uma ao lado da outra sem qualquer conectivo que as enlace, este tipo de oração coordenada chama-se assindética. Quando orações coordenadas são ligadas por uma conjunção coordenativa são classificadas como sindéticas.

Será uma vida nova, começará hoje, não haverá nada para trás. (oração coordenada assindética)

A Grécia seduzia-o, mas Roma dominava-o. (oração coordenada sindética adversativa).

Orações coordenadas sindéticas são ligadas por uma conjunção e classificam-se em:

Aditivas: Caetano Veloso canta e compõe muito bem. = Indicam uma relação de soma, adição. São elas: e, nem, mas também, também, como (antes de não só), como ou quanto (antes de tanto), ainda, etc.

Adversativas: O time jogou muito bem, entretanto não conseguiu a vitória. = Indicam uma relação de oposição, bem como contraste ou compensação, entre as unidades ligadas. São elas: mas, porém, todavia, contudo, entretanto, no entanto, não obstante, senão, apesar disso, embora, inobstante, etc.

Alternativas: Fale agora, ou cale-se para sempre. = Como o seu nome indica, expressam uma relação de alternância, seja por incompatibilidade dos termos ligados ou por equivalência dos mesmos. São elas: ou… ou, ora… ora, já… já, quer… quer, seja… seja, nem… nem, etc.

Explicativas:Deixe em pás meu coração, que ele é um pote até aqui de mágoa.” (Chico Buarque) = Expressam a relação de explicação, razão ou motivo. São elas: que, porque, porquanto, por, portanto, como, pois (anteposta ao verbo), ou seja, isto é.

Conclusivas: Penso, logo existo. = Indicam relação de conclusão. São elas: pois (posposto ao verbo), logo, portanto, então, por conseguinte, por consequencia, assim, desse modo, destarte, com isso, por isto, consequentemente, de modo que, por.

As orações coordenadas são também definidas como orações sintaticamente independentes umas das outras, relacionadas entre si pelo sentido.

O processo de coordenação engloba também a justaposição.

Exemplo: João Paulo Minhon almoçou, repetiu e gostou.

No qual:

“João Paulo Minhon almoçou” é a primeira oração;

“repetiu” é a segunda oração;

“gostou” é a terceira oração.

As orações coordenadas e a pontuação

  • Regra geral: separam-se por vírgula as orações coordenadas assindéticas e as orações coordenadas sindéticas, com exceção das introduzidas pela conjunção e que não tenham sujeito diferente do da oração anterior.

Alguns reclamam, um ou outro protesta, ninguém reivindica.

  • Orações introduzidas pela conjunção e: devem-se adotar os mesmos procedimentos aplicados aos termos coordenados de um período simples.

Apresentei meus argumentos e fiz minhas exigências.

O menino girava em volta da mãe, e vinha, e tornava a ir, e ainda uma vez voltava, e se afastava, e ameaçava falar o que queria, e fazia meia-volta…

O presidente convocou os ministros, e o Congresso começou a trabalhar.

  • Uso do ponto-e-vírgula: também o ponto-e-vírgula pode ser utilizado na pontuação das orações coordenadas, especialmente com as orações adversativas e com as conclusivas.

Aja como quiser; mas não me impeça de pensar.

Pode ocorrer também entre orações assindéticas que tenham valor adversativo ou conclusivo:

Fiz o possível para demovê-los daquela idéia, não consegui absolutamente nada.

É obrigatório para separar coordenadas sindéticas adversativas ou conclusivas que não sejam iniciadas pela conjunção. Nesses casos, as conjunções deslocadas devem ser isoladas por vírgulas:

Uns lutam, criam; outros, porém, só sabem explorar.

Deve ser usado para separar os membros de uma enumeração:

Numa eleição, é preciso levar em conta:

a) O perfil ideológico de cada partido;

b) A atuação dos novos membros do partido em gestões anteriores;

c) A qualidade individual dos candidatos do partido.

Além disso, o ponto-e-vírgula permite organizar blocos de orações coordenadas que estabelecem contraste.

Deixe um Comentário »

Ainda sem comentários.

RSS feed for comments on this post.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: